Vamos aos pontos clássicos do turismo em Istambul? Sem muito rodeio… Esse é o roteiro básico do “O que fazer em Istambul! Espero que gostem! Istambul é enorme é muito importante vocês olharem o mapa da cidade e estabelecerem alguns pontos que querem visitar e casar um passeio com outro próximo.

1. Torre de Galata

Inaugurada em 1348, a torre tem 67m de altura. Ela é um dos maiores símbolos de Istambul. Foi construída, como era de se imaginar, para proteção da city, que na época não chamava Istambul, mas Constantinopla. Da torre  é possível ter uma vista de 360 graus de Istambul, uma das mais bonitas da cidade.

Torre de Galata Istambul

Fica no bairro de Beyoglu, um lugar super gostoso de passear. Se for andar por ali, sugiro uma pernada pela avenida Istiklal e pela praça Taskim.

Diziam que subir na Torre seria um passeio romântico… Não achei não. O esquema fila para subir + chegar lá em cima e deparar com um deck que nada mais é do que um corredor estreito (onde passa um outro não passa) por onde as pessoas andam para se desbundar com a vista acaba com qualquer clima de romance. A vista compensa todo o trabalho, é realmente FABULOSA, mas romântico é exagero.

Torre de Galata

Ahh, também achei meio caro sabe!? A vista é incomparável, mas são tantos os lugares gratuitos que podemos ter vistas bonitas, sentados, tomando uma… sei não. Acho que vale a pena ir uma vez na vida, não acho que vale a pena voltar.

Parte da subida é de elevador, um pequeno pedaço é de escada, ou seja, não é acessível para cadeirantes, por exemplo… achei isso meio bad né.

O que esperar? Vistas maravilhosas, multidões, e uma real noção do tamanho da cidade.

Por lá (no topo) tem um restaurante também com preços não astronômicos até, mas confesso que não curti tanto o clima de turista.

Onde Fica? Bereketzade Mh., Galata Kulesi, Beyoğlu, Turquia

Quanto Custa? 25 liras turcas.

Mais informações aqui

2. Mesquita Azul

Vamos começar contando que essa é - AINDA - a maior mesquita de Istambul, mas atualmente ela é mais um símbolo turístico do que exatamente religioso.

Mesquita Azul 3

Ela fica no centrão de Istambul, em frente à Basílica Santa Sofia, tudo ali é bem pertinho. Por isso acho que se essa é a sua primeira vez em Istambul e sua intenção é um roteiro clássico de passeios, uma boa alternativa é pagar um pouco mais e se hospedar por aqui.

Pelo lado de fora da Mesquita você verá um belo tipo, todo suntuoso… por dentro… tão ou ainda mais suntuoso quanto fora. Istambul impressiona muito! A Mesquita passou por diversas modificações durante toda sua vida. Em um certo momento, uma reforma das boas pretendia deixá-la ainda maior e mais bela que a Santa Sofia. Se é mais bonita ou não eu não sei, esse julgamento deixo pra vocês fazerem.

Mesquita Azul Istambul

Mesquita Azul Istambul

Percebam que não há imagens dentro da Mesquita… os muçulmanos não cultuam imagens.

A entrada na Mesquita Azul é gratuita (ueba!) e ao entrar você precisará tirar os sapatos. Também não poderá entrar com shorts, minissaias ou blusa sem mangas. Ou seja, cobrir perna e braço, ok? Fui no inverno, então isso não foi um problema. Funcionários da mesquita fornecem uma espécie de canga para cobrir as partes do corpo que desrespeitam a religião muçulmana. Além disso, as mulheres devem cobrir o cabelo. Pashimina ou lenço são itens indispensáveis para uma mala feminina para Istambul.

Mesquita Azul Istambul

A fila é sempre grande, mas no meu caso (inverno) não demorou muito.

Abre diariamente das 9h às 17h. A Mesquita fecha durante as orações. Então ouviu o canto, saiba que ela estará fechada.

Onde Fica? Sultan Ahmet Mh. Torun Sk No:19 - 34400 Istanbul

Quanto Custa? Nada.

3. Palácio Topkapi

Topkapi é um lugar a se visitar também, bem no miolão histórico de Sultanahmet.  Reserve bastante tempo tipo uma manhã ou uma tarde para visitá-lo. A estrutura é enorme. Fui num dia com chuva e muito frio, isso dificultou o passeio já que a caminhada de um prédio ao outro do palácio não é coberta. Fica o alerta então para irem com um tempo estável. Passeio um mega frio e só pensava em sair dali e entrar num lugar quentinho para tomar çay (chá em turco, lê-se tchai).

Após a queda de Constantinopla, o sultão Mehmet II (daí o nome da região para Sultanahmet) ordenou a construção de um palácio gigantesco para fazer jus ao poder do Império Otomano. Têm noção que o Palácio ocupa uma área nada mais nada menos que de 700.000 m2? Enorme né, mas fique tranquilo que você provavelmente só visitará uma parte dele.

O Palácio serviu de residência para os Sultões… também era centro financeiro, artístico, educacional e não lembro mais o que. Só foi “desabitado” em 1924 quando a Turquia virou república.

É o maior e mais antigo palácio do mundo. De tudo que vi ali, achei muito interessante o salão onde ficam as jóias mega preciosas, tipo um diamante de inacreditáveis 86 quilates e o punhal de esmeralda que era cobiçadíssimo nas épocas passadas (e até hoje porque cobicei ele bastante).

(foto de Topkapi Palace)

(foto de Topkapi Palace)

Outro lugar imperdível é o harem. Bom, olha o que fiquei sabendo: Imaginava que era um lugar só de homens, para se divertirem - se é que me entende. Mas não, ali era o lugar onde viviam as pessoas mais próximas das famílias dos sultões. O sultão até poderia gostar de alguma moça dali e se relacionar com ela e tal, mas não era esse o objetivo. Dizem que as moças torciam loucamente para dormir com o Sultão porque isso significava um upgrade no nível de vida ali no Palácio. Mas as mulheres dos Sultões também tinham livre circulação por ali. Ou seja, ali vivia o alto escalão de criados para resumir bem a história pra vocês. Era tipo a área íntima do Palácio.

Harem Topkapi Palace

(foto de Topkapi Palace)

Ah, lá dentro tem café e restaurante para você dar uma relaxada entre um prédio e outro. Passeie sem pressa. Outra coisa, não pode tirar foto lá dentro, por isso as fotos do Topkapi são de internet.

Onde Fica? Gulhane Park, near Sultanahmet Square,Istambul, Turquia

Quanto Custa? 30 TL para o Palácio + 15 TL para o Harém

Mais informações aqui.

4. Santa Sofia e sua Cirsterna

A Basílica Santa Sofia e a Cisterna estão uma ao lado da outra.

Santa Sofia ou Hagia Sofia foi construída para ser uma igreja. Quando Istambul, que na época chamava Constantinopla, foi tomada pelo Império Otomano a Igreja foi convertida em Mesquita.

O nome Santa Sofia sempre esteve lá, nunca mudou… Porque na verdade ele faz referência à uma santa com nome de Sofia, mas à Santa Sabedoria, “Divina Sabedoria”. O termo vem do grego.

Santa Sofia

Hoje a Santa Sofia não é igreja e nem mesquita, é um Museu. Linda por fora, por dentro, por todos os lados. Eu adorei conhecer a Santa Sofia porque ali você entende parte da história da cidade. O lugar é imponente e intimidante.

Santa Sofia istambul

Santa Sofia é cheia de mosaicos e imagens de santos sobrepostas por símbolos do islamismo. Observe os mosaicos com santos cristãos propositalmente destruídos e mantidos aos pedaços para mostrar a dominação do islamismo. Um lugar muito particular no mundo acredito eu. Tipo, ver um minarete saindo de um lugar que já foi cristão… Pra mim foi inédito! E é isso que faz de Santa Sofia um lugar único. 

Santa Sofia istambul

Ao lado da basílica de Santa Sofia existe o que pra mim é uma das mais impressionantes construções de Istambul. A Cisterna da Basílica. Foi um dos lugares que mais gostei de conhecer. Ficava a uns 200m do meu hotel, já falei do hotel aqui. E uns 3 dias depois da minha visita fiquei sabendo que uma pessoa se explodiu bem ali na frente. Passeio com emoção! hahaha É a maior das cisternas construídas em Istambul no período do Império Bizantino.

Cisterna Istambul

A Cisterna foi construída em 532 (isso mesmo, 5+3+2). E saber disso é o que mais impressiona, porque é enorme e bem estruturada… Possui 336 colunas romanas trazidas de outros cantos do mundo, e elas têm estilos diferentes: jônico, dórico e coríntio. Praticamente uma aula de artes num lugar só. Deu pra lembrar exatamente de quando eu aprendi o que era cada uma dessas colunas. A verdade é que não consegui identificar exatamente qual era qual, a memória não permitiu, mas deu pra saber, pela variedade, que estavam todas lá. É instigante imaginar quão rica já foi Istambul.

A Cisterna ocupa uma área de 10.000 metros quadrados e tem 8m de altura. A capacidade da Cisterna é para 30 milhões de litros de água. Com uma cisterna desse tamanho, Istambul criou um gigante de um “Plano B” caso a cidade sofresse algum ataque e destruíssem os seus aquedutos. Achei muito fino isso! Riqueza total!

Sem contar tudo que já falei, ainda existem umas lendas. No interior da Cisterna existem duas colunas que têm em sua base uma Cabeça de Medusa em posições diferentes. Há diversas histórias e lendas sobre o porquê das medusas estarem ali e naquelas posições, mas a explicação mais decente que encontrei é que os construtores da época usaram qualquer material disponível existente, incluindo as imagens que para eles não importava estarem de pé ou deitadas, desde que sustassem direito as colunas.

Mais informações sobre Santa Sofia aqui.
Mais informações sobre as Cisternas aqui.

5. Praça Taksim e seus arredores

A praça Taksim - pra mim - é uma praça feia… nada de mais… um espaço apenas… O que interessa por ali está nos arredores. Aquela região é cheia de animação, restaurantes, é um lado mais moderninho de Istambul. Quando resolverem passear por lá, andem pela Istklal Caddesi, uma rua famosa de comércio, sempre movimentada. Por essa avenida circula um bondinho antigo e lindo que vale o passeio. A avenida termina na Praça Taksim. Você encontrará todo o tipo de loja por ali… O que mais gostei foram as ruazinhas adjacentes à essa rua. Essas sim têm seu charme, com restaurantes mais privativos e menos turistada… Ali, de dia e de noite você encontrará movimento. No meio da Praça Taksim está um momumento à República, que obviamente comemora a nova Istambul, a República.

Istambul

Se estiver em algum dia comemorativo ou de rebelião em Istambul, fuja dessa praça, ali sempre tem tumulto, protesto e etc.

Foi ali que cheguei de ônibus executivo do aeroporto, era noite uma confusão… fiquei perdida. Vejam o relato aqui.

Onde Fica? Taksim Myd, 34250 Beyoğlu/İstanbul

6. Grand Bazaar e Bazaar de Especiarias

Se você pensa em ir à Istambul, não deixe de visitar esses dois lugares. São próximos um ao outro. O Grand Bazaar é maior, aliás O maior e mais antigo mercado coberto do mundo. Você concordará com esta frase quando estiver lá. O Bazaar de Especiarias tem menos opções, o lugar é mais tranquilo de passear e o preço normalmente é melhor que o do Grand Bazaar, mas pode ser que você não encontre as mesmas coisas. Se tiver tempo, vá nos dois.

Grand Bazaar

Arden City Hotel Istambul 2

Dica número 1: vá com sapato confortável - você caminhará muito.

Dica número 2: estabeleça preferência de compras para não gastar todo seu dinheiro antes começar a comprar o que quer.

Dica número 3: Pechinche, vá embora, volte, pechinche mais um pouco. Eles não se ofendem e os preços podem chegar à metade do valor cobrado, principalmente se você estiver comprando em dinheiro (lira turca).

Dica número 4: pelo Grand Bazaar e regiões você encontrará bons valores para câmbio. Melhores que outros lugares da cidade e muitoooooo melhor que hotel e aeroporto, ok? Normalmente eles aceitam dólares ou euros nas lojas e restaurantes, mas o câmbio é sempre desfavorável. Troque seu dindin por aqui, guarde em uma doleira, bem segura! E tente não torrar tudo antes de sair do Bazar!

Onde fica o Grand Bazaar? Beyazit/İstanbul, Turquia

Onde fica o Bazaar de Especiarias? Fatih/İstanbul